Notícias

NotíciasLSA com DNA brasileiro, nos EUA. Por que não aqui?23/03/2019

Foi notícia no site da AOPA USA (https://www.aopa.org/news-and-media/all-news/2019/march/21/the-colt-is-out-of-the-bag) o lançamento do COLT, uma nova aeronave leve de desporto, montada no Texas-EUA por uma startup com raízes brasileiras, que com suas linhas limpas já vem para o mercado com o que há de mais moderno em tecnologias, incluindo paraquedas e projeto de célula similar ao cockpit de modernos carros de corrida.

A aeronave produzida nos EUA é simular a linha produzida pela INPAER, aqui no Brasil, com o Conquest 180. Caio Jordão, chefe de projeto da COLT liderou a INPAER no Brasil por mais de uma década, de acordo com um anúncio feito em 19 de março, quando do lançamento do COLT.

O preço do Colt, nos EUA, não será revelado até a AirVenture, mas a empresa diz que já está trabalhando para encontrar opções de financiamento e incentivos para tornar o produto ainda mais atrativo. A máquina será oferecida com aviônicos Aspen, incluindo uma tela multifunção digital de 10 polegadas, piloto automático com dois eixos, cintos de segurança com quatro pontos, paraquedas e uma célula de sobrevivência que protegerá passageiros e piloto. A aeronave deve alcançar 110 nós de velocidade de cruzeiro a 75% de potência, deve ter ao redor de 38 nós de velocidade de estol com flapes.

A aviação geral leve norte-americana vai de vento em popa. O que está faltando para o Brasil voltar a honrar a sua própria aviação e o país voltar a se tornar um ambiente amigável à aviação?




Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!










fale conosco